Close
Entrevista ao Dr. Tiago Figueiredo, director clínico e médico dentista da Clínica do Lago

Entrevista ao Dr. Tiago Figueiredo, director clínico e médico dentista da Clínica do Lago

Tiago Lino Figueiredo, director clínico e médico dentista da Clínica do Lago, fala sobre a clínica, numa viagem pelo passado, os desafios do presente e as perspectivas do futuro.

 

A Clínica do Lago nasceu em 2016, fruto da vontade e ambição de 3 pessoas. Como resume estes 3 anos de serviço?

Na verdade, a Clínica existe desde 2003. Tinha um consultório na Rua Praia da Vitória, onde tudo começou. Em 2016, entraram dois novos sócios e considero que foi o ano de viragem para a criação da Clínica do Lago.  Fizemos uma aposta num espaço que permitisse aos nossos pacientes sentirem-se como se estivessem em casa. Ao fim de um ano de atividade fizemos um investimento que estava previsto apenas para o terceiro ano. Este investimento foi a abertura de um segundo gabinete de dentária, bem como a instalação de um Ortopantomógrafo. Este ano fizemos o investimento num segundo gabinete de multi-especialidades. Estes três anos podemos afirmar que estão a ser um sucesso. Não posso dizer que tudo foi um mar de rosas, mas fomos afinando o que não estava a correr bem e decidimos ter uma equipa de gestão em permanência na clínica. Decidimos abraçar novas especialidades e ter médicos e terapeutas que nos permitem ter uma visão integrada do paciente e das suas necessidades.

 

Qual a maior preocupação da clínica quando um paciente a procura?

Acima de tudo queremos prestar um serviço de qualidade. Queremos que os profissionais que trabalham diariamente na clínica estejam focados em prestar o melhor serviço ao paciente. Procuramos responder a todas as solicitações num breve espaço de tempo. Não investimos nestes três primeiros anos em publicidade, porque acreditamos que a nossa melhor publicidade é o “boca-a-boca” dos pacientes que utilizam os nossos serviços.

Apostámos em parcerias estratégicas com os principais seguros de saúde e fomos alargando esta parceria a grandes empresas. Vamos ajustando os horários das especialidades que temos em função da procura dos nossos pacientes. Acreditamos numa visão integrada de serviços de saúde onde o paciente nos procura por recomendação e/ou porque nos conheceu e gostou da experiência.

 

Quais são os valores comuns da clínica que mais admira?

A Clínica do Lago quer oferecer aos seus pacientes um tratamento diferenciado e inovador através de cuidados de saúde de excelência no domínio da medicina dentária, psicologia e nutrição, numa perspetiva multidisciplinar, com profissionais de saúde de excelência. Esta missão tem vindo a crescer. Ainda não posso falar de tudo o que vai acontecer, mas posso dizer que vamos ter as especialidades que os nossos pacientes procuram.

Nesta fase, em termos médicos, acrescentámos a Endocrinologia, mas há outras especialidades a começar em Janeiro que, mais uma vez, vão de encontro ao que os pacientes nos pediram. No âmbito das terapêuticas, decidimos alargar a oferta a terapias não convencionais como a Medicina Chinesa e a Osteopatia, mas também aqui em Janeiro teremos mais novidades. Finalmente, na medicina dentária, a nossa equipa tem sido reforçada com médicos dentistas de excelência o que nos permitiu trabalhar mais integrados.

Para terminar, o objetivo da Clínica do Lago é ser reconhecida pela qualidade e conforto, oferecendo um conjunto de especialidades que permitam a melhoria de qualidade de vida dos seus pacientes. Creio que é esta mentalidade que mais reforçamos todos os dias.

 

“Acreditamos numa visão integrada de serviços de saúde onde o paciente nos procura por recomendação e/ou porque nos conheceu e gostou da experiência.”

Estas novas especialidades que mencionou nascem da vontade de aumentar a qualidade de vida dos pacientes da clínica ou de necessidades dos próprios pacientes? Ou ambas?

A resposta simples é ambas. Mas de facto, a aposta é aumentar a oferta de serviços para ir de encontro ao que os pacientes nos pedem. Procuramos ouvir os nossos pacientes e ir de encontro às suas necessidades. Vou-lhe dar três exemplos: Uma especialidade foi-nos sugerida por uma paciente que tinha de recorrer a um serviço fora de Lisboa. Como se tratava de uma especialidade que fazia sentido termos na clínica, então juntámos o útil ao agradável. O outro exemplo são as especialidades médicas que nós procuramos ativamente, porque em termos de visão integrada fazem todo o sentido. Por fim, há um exemplo relacionado com horários, onde os pacientes nos pediram para abrir ao sábado… espero não estar a antecipar esta boa notícia, mas está previsto começarmos a abrir aos sábados para ir de encontro ao que os nossos pacientes nos pedem. Vamos começar apenas com algumas valências e esperamos poder englobar as restantes a médio prazo.

 

“Procuramos ouvir os nossos pacientes e ir de encontro às suas necessidades. Uma especialidade foi-nos sugerida por uma paciente (…) então juntámos o útil ao agradável.”

 

 

A equipa está “fechada” ou haverá novidades em breve com novas especialidades?

À data de hoje não está fechada. Estamos em constante crescimento e dessa forma temos que ir adaptando o corpo clínico às necessidades da procura. Se me perguntar se estou satisfeito com a equipa, respondo que não podia estar mais satisfeito, são os profissionais que queríamos ter connosco e estamos muito satisfeitos. Mas não posso dizer que está fechada. Já referi que temos algumas novidades a acontecer em Janeiro e creio que ao longo de 2020 haverá mais novidades.

Enquanto Director Clínico, qual a sua visão e planos futuros de desenvolvimento para a clínica, e que desafios pensa que surgirão daqui para a frente?

A Clínica do Lago é um projeto sem fim temporal. Mas temos consciência do que nos rodeia e como tal sabemos que o caminho que temos pela frente é difícil e que exige muito trabalho. A reorganização da equipa, do espaço e da tecnologia está alinhada com o plano de crescimento. Este ano vai ficar marcado por investimento em tudo o que não é visível, como por exemplo, as redes de comunicação para conseguirmos estar cada vez mais próximos dos nossos pacientes. Estamos conscientes de que esta é uma área cada vez mais competitiva e desafiante, mas acreditamos que temos um serviço diferenciador que nos vai permitir consolidar durante 2020, e começar a pensar nos próximos passos. O futuro a Deus pertence, mas acredito que estamos a criar uma marca forte no mercado e que estamos prontos para os desafios que temos pela frente.

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *